celebrar whatsapp logo icone  (11) 9 8248 0399

Conheça nosso Trabalho

64x64-Hearts-94-FB      64x64-Hearts-94-YT      Celebrante Casamento - Instagram

 

Cerimônia da Árvore

Cerimônia da Árvore

Cerimônia da Árvore

 cristofani cerimonia arvore 02

A cerimônia da árvore ou da planta é outra belíssima forma do casal simbolizar seu comprometimento, pois os noivos são plantadores de sonhos e esperanças, para eles e seus descendentes que vierem no futuro. Árvore-lar que acolhe, cuida, frutifica e deixa sua semente permanentemente.

A ritual consiste em levar para o altar um vaso com uma muda de árvore ou planta, um pouco de terra, regador e pás de jardinagem. Os noivos, no momento apropriado, derramam terra e água no vaso, demonstrando que estão dispostos a plantar, cultivar e cuidar do amor e do relacionamento deles de forma perene, fincando raízes, frutificando e colhendo os frutos adivindos do casamento.

cristofani cerimonia arvore 06

 

Texto para ser lido durante a cerimônia

Dizem que para se ser uma pessoa completa é preciso escrever um livro, ter um filho e plantar uma árvore. Escrever um livro até que é possível fazê-lo sozinho, mas não ter um filho. E ainda que possa parecer que o plantio de uma árvore é uma atividade individual, ela deve ser uma ação a quatro mãos.

E por que plantar uma árvore é um exercício a dois? Primeiramente, porque não plantamos árvores para nós mesmos, mas para os outros. Plantamos para outras pessoas, porque as amamos e queremos o melhor para elas. A sombra, o fruto, as flores, a semente, enfim.

Pergunte a si mesmo: Quem desfrutará da sombra de um Jequitibá, dos frutos de uma Jaqueira, das flores de uma Paineira, das sementes de um Flamboyant? Certamente as vindouras gerações. Nossos filhos, nossos netos. Não plantamos para nós mesmos, mas para outras gentes.

Porém, a dois, planta-se, rega-se, poda-se, cuida-se. Planta-se amor, rega-se carinho, poda-se excessos, cuida-se atentamente. Plantando uma árvore, o casal vai demonstrando aptidão em partilhar o mesmo amor, as mesmas raízes, vai, também, mostrando disposição para cuidar do mesmo projeto, dos mesmos sonhos, do bem comum, vai, ainda, cultivando a noção de interesse mútuo, de esperança, realização, vai, enfim, espelhando o desejo de construir um lar sólido e acolhedor como deve ser uma árvore.

Pois que, também o Divino plantador de árvores, plantou um jardim para que o casal nele habitasse, dele desfrutasse e dele cuidasse.

Portanto, noivos, vocês são os plantadores de sonhos e esperanças, para vocês e seus descendentes que vierem no futuro. Árvore-lar que acolhe, cuida, frutifica e deixa sua semente permanentemente.

Texto de autoria do Reverendo José Roberto Cristofani

Casamento com Civil e Cerimônia das Areias - Rosângela e Carlos